logo
GALATEA
(30.7K)
FREE – on the App Store

A Substituição

Jessica acabou de conseguir o emprego de sua vida, trabalhando como a segunda no comando de Scott Michaels. O único problema é Spencer Michaels, o outro CEO – e o homem que ela foi contratada para substituir. Quando ele descobre sobre ela, Spencer não para por nada para ter certeza de que ela conhece seu lugar… E mesmo que ele seja cego, passando por um divórcio e um idiota completo, Jessica não pode evitar se apaixonar por ele.

 

A Substituição por Rebecca Robertson está agora disponível para leitura no aplicativo Galatea! Leia os dois primeiros capítulos abaixo, ou faça o download do Galatea para obter a experiência completa.

 


 

O aplicativo recebeu reconhecimento da BBC, Forbes e The Guardian por ser o aplicativo mais quente para novos romances explosivos.

Ali Albazaz, Founder and CEO of Inkitt, on BBC The Five-Month-Old Storytelling App Galatea Is Already A Multimillion-Dollar Business Paulo Coelho tells readers: buy my book after you've read it – if you liked it

Leia o livro completo no app do Galatea!

1

Resumo

Jessica acabou de conseguir o emprego de sua vida, trabalhando como a segunda no comando de Scott Michaels. O único problema é Spencer Michaels, o outro CEO – e o homem que ela foi contratada para substituir. Quando ele descobre sobre ela, Spencer não para por nada para ter certeza de que ela conhece seu lugar… E mesmo que ele seja cego, passando por um divórcio e um idiota completo, Jessica não pode evitar se apaixonar por ele.

Classificação etária: 18 +

Autor original: Rebecca Robertson

JESSICA

Eu apertei os olhos para ler o comunicado de imprensa na tela do meu celular: “MICHAELS HOTEL GROUP REVELA PLANOS DE RENOVAÇÃO NA TOSCANA.” Abaixo do título havia uma foto dos dois, ridiculamente fotogênicos, irmãos Michaels: Scott e Spencer.

Meus chefes.

Eu olhei para seus rostos sorridentes, gritando internamente Merda, merda, merda . O comunicado à imprensa saiu antes – não deveria sair até a próxima semana. Scott surtaria.

Mas não tive muito tempo para pensar nisso. Abri a porta da sala de reuniões e me deparei com uma mesa cheia de homens.

Eles eram todos de meia-idade, vestindo ternos de diferentes grifes, e se viraram para mim com olhares surpresos.

Eles provavelmente não esperavam que alguém tão jovem quanto eu fosse a segunda pessoa em comando para Scott Michaels.

Já que Spencer havia tirado uma folga em ajudar seu irmão a administrar sua bem-sucedida empresa de desenvolvimento de hotéis, Scott me contratou para fazer tudo o que ele não poderia fazer. Conseguir esse emprego foi tanta surpresa para mim quanto foi para todo mundo.

Sim, eu me formei em uma universidade renomada, com um diploma honroso em administração, mas não é isso que homens como aqueles na mesa da diretoria viam quando olhavam para mim. Não, esses homens viam uma bela jovem de 25 anos, com cabelos ruivos sensuais e um sorriso perfeito.

Por isso que eu precisava trabalhar mais, ser mais clara em minhas falas, e pensar com mais inteligência do que todos os outros na sala. Eu gostava de agradar as pessoas, é verdade, mas eu não aceitaria que ninguém pensasse que eu consegui esse emprego por qualquer motivo que não fosse minha capacidade.

“Bom dia, senhores.” Eu acenei com a cabeça enquanto me sentava em meu lugar à mesa. “Scott lamenta não poder vir. Ele está ocupado no escritório, mas prometo que lhe darei um resumo completo de sua apresentação.”

“Você é a única pessoa que ele enviou?”, o senhor Wallace, o homem de terno cinza carvão, perguntou estalando a língua.

“Sou a analista de negócios dele, senhor Wallace, então sim. Estarei aqui para analisar sua proposta de negócio”. O homem estava claramente irritado por apresentar sua proposta de um milhão de dólares para alguma garota jovem o suficiente para ser sua filha, mas eu não me importei. “Quando você estiver pronto.”

O homem suspirou e deslizou uma pasta para mim. Eu a abri e ela continha um monte de documentos com números e estatísticas. Dei uma olhada enquanto ele começou a falar.

“Tropic Relaxation é conhecida por seus spas em todo o mundo. Sabemos que uma parceria com o Michaels Hotel Group aumentará os lucros para ambas empresas. Se você olhar os números da primeira folha, verá o lucro do último mês para um hotel semelhante em tamanho e localização, se comparado ao Delilah Estate.”

O Delilah Estate era o hotel que tínhamos na Toscana, e estávamos planejando reformá-lo. Isso incluiria a adição de um spa de última geração, e é por isso que eu estava nesta sala de reuniões. A Tropic Relaxation era apenas uma das muitas empresas de spa que buscavam negociar conosco.

Fechei a pasta de documentos e olhei nos olhos do senhor Wallace. “Diga-me, qual é o seu serviço de spa mais lucrativo?” Como analista, era fácil apenas ler os números, mas isso nunca dava o quadro completo.

A razão pela qual me destaquei na universidade e a razão pela qual consegui este emprego, é porque sou boa em ler mais do que apenas números. Sou boa em ler pessoas.

O senhor Wallace piscou para mim. “Nosso serviço mais lucrativo? O tratamento facial, é claro. Atrai todos os tipos de clientes – homens, mulheres, jovens, velhos. A agenda está sempre cheia para esses tratamentos em todos os nossos spas.”

Eu balancei a cabeça, empurrando minha cadeira para trás e me levantando. “Obrigada, senhores”, eu disse enquanto sorria para eles. “Vou levar essas informações para-“

“O quê, é só isso?”, gritou, de sua cadeira, o homem que devia ser o braço direito do senhor Wallace, vestindo um terno azul-marinho. “Você nos faz uma pergunta e é isso? Você chegou aqui não faz nem dez minutos!”

“Eu fiz uma boa leitura de sua proposta e…”

“Você mal tem vinte anos! Você não viveu o suficiente para fazer uma boa leitura de nada!”

Eu parei de me mover, olhando diretamente para ele. “Já vivi o bastante para saber que sua empresa funciona com base em convenções, e não em inovações. Sua equipe analisa o que está na página, não o que está nas entrelinhas.”

Eu vi os olhos do senhor Wallace se estreitarem. Eu continuei falando mesmo assim. “A massagem sueca é o seu serviço mais lucrativo, senhor Wallace. Uma olhada rápida nos números já me disse isso. Claro, os números de seu tratamento facial personalizado são impressionantes – porém o custo foi ignorado. O custo de todos os materiais necessários.”

“Você acha que pode fazer meu trabalho melhor do que eu?” O senhor Wallace fervia de raiva, levantando-se lentamente da cadeira.

Sim, seu idiota.

Mas eu não disse isso. Em vez disso, eu falei: “Você gerencia uma ótima empresa. Mas está claro que a Tropic Relaxation está confortável conduzindo suas operações de forma segura, como sempre fez. Scott está procurando algo inovador com este projeto. Algo novo. Mas como eu disse, vou mostrar a ele sua proposta.”

Tirei a pasta da mesa e me virei para sair. “Adeus, senhores”, eu disse enquanto abria a porta da sala de reuniões. Quando eu saí para o corredor, eu tive certeza que ouvi um deles se referir a mim como puta vadia .

Eu balancei minha cabeça e me perguntei por que Scott tinha me enviado aqui – Tropic Relaxation tinha a reputação de ser uma empresa velha e chata. Essa imagem era o oposto da nossa marca. E, além disso, era incrivelmente atípico para meu chefe me enviar para uma reunião de propostas sozinha.

Scott Michaels pode ter nascido e sido criado para o seu trabalho, mas isso não significava que ele o considerava garantido. Era o oposto, na verdade. Scott vivia e respirava por sua empresa – ele supervisionava cada decisão pessoalmente, não importa quão pequena fosse.

Por isso, quando ele me enviou um e-mail de última hora pela manhã falando que eu precisaria ir sozinha para esta reunião, achei um pouco estranho.

Seja qual for o motivo, eu havia perdido meia hora da minha manhã e estava ansiosa para voltar ao trabalho.

Quando o táxi parou em frente ao impressionante edifício da Michaels Hotel Group, pulei para fora do carro e corri para dentro.

No momento em que eu estava pegando o elevador para o último andar, onde o meu escritório e o de Scott ficavam, eu aproveitei para pegar meu telefone e verificar meus e-mails. Quarenta e quatro novos e-mails desde a última vez que verifiquei.

Ótimo.

Eu estava caminhando pelo chão, prestes a entrar em meu escritório, quando ouvi vozes gritando de dentro do escritório de Scott, do outro lado do corredor. Então devia ser essa a reunião que segurou Scott. A porta estava entreaberta, mas eu só pude ver as costas de Scott lá dentro.

A porra da audácia que você tem ” um homem trovejou.

Eu ouvi Scott suspirar. “Você pode apenas relaxar por um segundo, para que eu possa explicar?”

“Explicar o quê? Como você foi pelas minhas malditas costas e fez a única coisa que concordamos que você não faria?”

“Você está transformando isso em uma traição, Spencer.” Spencer. Tipo Spencer Michaels. Irmão mais velho de Scott. E meu outro chefe. Tecnicamente. “Não é como se eu tivesse feito isso por despeito – vai, você sabe disso. Mas eu não posso me encarregar de tudo, não sozinho”.

“Quem é você?”, uma voz de criança perguntou, abaixo de mim, desviando minha atenção da conversa dos dois para encontrar uma menina, de aproximadamente cinco anos de idade. Ela estava usando uma saia de bailarina e tinha o cabelo preso em um rabo de cavalo. Eu olhei ao redor para procurar seus pais, mas não encontrei ninguém.

“Eu sou a Jessica. Onde estão seus pais?”, eu perguntei, abaixando-me.

Mas em vez de responder, a garota apenas agarrou minha mão e me puxou para o outro lado do corredor, entrando no escritório de Scott. Ela me soltou quando chegamos no meio da sala.

Ambos os homens pararam de falar, e eu olhei para Scott primeiro, dando a ele um olhar de desculpa interromper antes de me virar para seu irmão.

Uau

Eu nunca havia visto Spencer Michaels pessoalmente. Tudo nele, desde seu cabelo loiro escuro e seu queixo quadrado, aos seus braços musculosos naquela camisa de botão, me fez salivar. O homem era um bendito deus grego.

“Quem é ela?”, a menina perguntou, apontando para mim.

“Leila, esta é Jessica”, Scott respondeu. “Leila é filha de Spencer”, ele me contou, mas antes que eu pudesse responder, Spencer começou a falar novamente.

Esta é ela? ” Ele se enfureceu. ” Esta é a jovem de 25 anos que você contratou para assumir o meu trabalho?

Percebi então que a discussão que eu estava ouvindo era sobre mim.

“Ela não está assumindo o seu trabalho, Spencer.”

“Posso voltar mais tarde”, tentei dizer, mas Spencer me interrompeu.

“Leila, vá escolher um lanche da cozinha, por favor”, disse à filha.

“Mas eu não estou com fome!”

Leila “, ele repetiu. Observei quando ela cruzou os braços sobre o peito e saiu da sala. Então Spencer se virou para mim.

“Diga-me, o que a faz pensar ser tão qualificada para ajudar a administrar esta empresa, que está na minha família há sessenta e cinco anos? Diga-me por que você acha que merece tanto essa posição”, ele praticamente cuspiu suas palavras.

Porém, ele não estava realmente olhando para mim. Seus olhos verdes-esmeralda estavam fixados a cerca de cinco centímetros à esquerda de onde eu estava. Eu sabia que Spencer Michaels era cego, isso não era segredo. Todos que liam qualquer tipo de tabloide sabiam disso.

Ele havia passado por uma cirurgia no cérebro no ano anterior, e quando acordou, não conseguia mais enxergar. Foi por isso que ele tirou um tempo da empresa. Foi muito trágico, é claro, especialmente considerando o fato de que sua esposa pediu o divórcio nem três meses depois. Mas eu não senti tanta pena dele nesse momento.

“Desculpe?”, eu perguntei, não deixando ele passar por cima de mim.

“Eu não fui claro? Você está fazendo o meu trabalho, trabalho que passei uma década desenvolvendo. São meus relacionamentos, meus processos, que você está usando, para a maldita empresa de minha família.”

“Bem, sinto muito que minha contratação foi uma surpresa para você, mas eu tinha a impressão de que você já sabia”, eu disse, lançando um olhar para Scott. “E só porque eu não herdei um negócio de família, não significa que não sou capaz. Eu ralei muito para chegar aqui, e sou muito boa no que faço.”

Scott concordou. “A Jessica tem sido uma grande ajuda por aqui. Com você fora, eu preciso de alguém para me ajudar a lidar com tudo.”

“Só estive fora alguns meses!”

“Seis meses, Spencer. E você sabe que eu não me importo que você tire todo o tempo que precisar. Mas eu não consigo tocar o negócio sozinho.”

Spencer deu um suspiro alto e então fez algo que eu não esperava. Ele deu alguns passos em minha direção, ficando há alguns centímetros de distância. E meu corpo… Parecia que explodiria em chamas.

Desta vez seus olhos estavam diretamente em mim, nem um centímetro para o lado. Parecia que ele estava me lendo, embora eu soubesse que isso era impossível.

“Jess, é isso?”, ele perguntou, seu hálito quente na minha bochecha.

Isso é mais que impróprio.

“Jessica”, eu respondi.

“Bem, Jess, proceda com cautela. Porque eu estarei observando cada movimento seu aqui. E não sou um chefe tão legal quanto meu irmão mais novo.”

E então, Spencer saiu do escritório, e eu o ouvi chamar sua filha enquanto caminhava pelo corredor. Eu soltei o ar que eu nem tinha percebido que estava segurando.

“Aquele comunicado à imprensa…” Scott começou a falar, mas eu não conseguia me concentrar. Minha mente ainda estava em Spencer Michaels e seus olhos verdes brilhantes.

 

Leia o livro completo no app do Galatea!

2

JESSICA

BAQUE.

Minha agenda caiu da mesa. Foda-se . Estava muito bagunçado. Todo o escritório estava bagunçado. Levantei-me e contornei a mesa para pegá-la. Eu estava agachada, estendendo a mão para a agenda, quando ouvi alguém limpar a garganta atrás de mim.

“Essa não é uma posição muito profissional”, ouvi um homem dizer.

Eu me virei e lá estava Spencer Michaels. Em toda a sua glória alta, musculosa e esculpida. Senti minhas bochechas queimarem.

“Como… Como?”

“Como eu posso ver?”, ele perguntou com um sorriso malicioso. Spencer Michaels, um dos dois chefes desta empresa, era cego. “Eu podia ouvir você vasculhando o chão. Isso significava que você estava abaixada, o que por sua vez significava que seria seguro assumir que sua bunda estava para cima.”

“Com licença?”, eu gaguejei, chocada que esse homem – meu chefe – falava de forma tão grosseira.

“Não se preocupe. Tenho certeza de que estava bonita”, disse ele, se aproximando de mim. “Mais do que bonita, na verdade.”

“O que você está fazendo, senhor Michaels?” Eu me afastei quando ele estava a apenas um passo de mim. Eu já estava encurralada contra a minha mesa, e não conseguia ir mais para trás. E eu não sabia se ele estava vindo em minha direção de propósito, ou se ele não sabia onde eu estava.

“Ah, Jess, você pode me chamar de Spencer.”

“É Jessica. O que você está fazendo aqui?”

“Eu disse que iria ficar de olho em você, não disse?”, ele suspirou, seu rosto inclinando-se perto do meu. Meu corpo inteiro tremia. Isso não estava certo. Ele deve saber o que está fazendo. Ele deve saber o efeito que está tendo sobre mim.

“Scott sabe que você está aqui?”, eu gaguejei.

Mas Spencer não respondeu. Em vez disso, ele levou um dedo ao meu rosto, arrastando-o lentamente da minha têmpora até a minha orelha. Seu toque suave causou arrepios na minha espinha, e eu senti o calor em meu núcleo crescer.

Deus, ele era muito sexy.

Jessica, pare com isso. Ele é seu chefe.

Mas minha consciência se calou no segundo em que seu dedo enrolou uma mecha do meu longo cabelo ruivo. Ele puxou com força e a dor foi boa. Um gemido escapou da minha boca.

“Você gosta disso?”, ele sussurrou.

Foda-se. O que esse homem estava fazendo comigo?

Ele soltou a mecha de cabelo e deslizou o dedo de volta para minha bochecha, para minha boca, e então, ele estava delineando meus lábios. Eu já podia sentir a umidade entre minhas pernas, e ele nem havia me tocado com mais do que um dedo.

Isso era uma loucura.

O que você está fazendo, Jessica?

Então, ele empurrou o dedo entre meus lábios, para dentro da minha boca, e comecei a chupar como se tivesse nascido para isso. Meus olhos estavam fixos nos dele, e ele estava olhando de volta, bem em meus olhos. Não importava que ele não pudesse ver. Eu sabia que ele podia sentir meu olhar.

Ele estava movendo seu dedo para dentro e para fora da minha boca, e eu o estava chupando, envolvendo minha língua ao redor dele. Foi a coisa mais erótica que já fiz. Inocente e ao mesmo tempo tão, tão errado.

Eu precisava de mais. Eu precisava senti-lo se movendo rápido assim em outro lugar, mais fundo em mim, mais dentro… Eu estava tão excitada, mas precisava me aliviar. Eu precisava desse alívio agora!

Eu estava tão perto. Como isso estava acontecendo? Como eu estava tão perto de um…?

TOC, TOC, TOC.

“JESSICA!”

Eu pulei na minha cama, meu coração disparado a mil quilômetros por hora. Eu olhei ao redor. Eu estava no meu quarto. No meu apartamento em West London. Eu fechei meus olhos com força. Eu ainda podia sentir os resquícios da minha excitação.

Mas foi apenas um sonho. Apenas um maldito sonho erótico. Com meu chefe.

TOC, TOC, TOC.

“JESSICA, ABRA A PORRA DESSA PORTA!”, eu ouvi a voz de Sam gritando do corredor. Corri para fora da cama até a porta da frente e encontrei meu irmão mais velho olhando para mim.

“Você nunca dorme até tão tarde.”

“Que horas são?”, eu perguntei.

Ele ergueu seu telefone para mim e eu vi a hora na tela. 8h17.

“MERDA!” Eu gritei, correndo para o banheiro. “Devo ter dormido durante o alarme. Isso nunca acontece. Scott vai me matar!”, eu choraminguei enquanto espalhava base por todo o meu rosto.

Mas Sam apenas começou a rir enquanto entrava pela porta.

“O quê?”, eu perguntei.

Ele ergueu a tela do telefone novamente. Desta vez, eram 6h43.

O idiota continuou rindo. Agora mais alto.

Eu exalei. “Vou me vingar um dia desses”, prometi.

“Estou esperando”, ele respondeu com um grande sorriso.

***

“Você não precisa se preocupar”, Scott Michaels disse, de trás de sua mesa. Mas eu balancei o post-it na frente de seu rosto. O post-it que me provocou desde o momento em que entrei em meu escritório.

“Isso me diz que preciso me preocupar! Você leu o que está escrito?”

Scott suspirou. “Eu li o que está escrito, Jessica. Ele está apenas tentando garantir que a empresa está em boas mãos.”

“Aqui diz, e cito, Estou de olho em você. ” O que era irônico, considerando que veio de Spencer Michaels. Spencer Michaels, que era cego. Mas não constatei a ironia para Scott. “Não entendo por que você não contou a ele sobre mim antes.”

“Exatamente por esse motivo. Eu não queria que ele surtasse.”

“Bem, funcionou bem”, respondi sarcasticamente, antes de me controlar. “Desculpe. Eu simplesmente já tenho estresse diário o bastante, sem o bônus adicional de outro chefe olhando cada movimento meu.”

“Ele não estará olhando cada movimento seu, Jessica.”

Eu balancei a cabeça, embora ainda estivesse incerta. Mas então, algo me ocorreu. “Meu contrato… Meu contrato ainda está intacto? Tecnicamente ele não pode anular o contrato, ou algo do tipo, pode?”

“Você está levando a piada dele muito a sério.”

“Estou apenas querendo me certificar.”

“Confie em mim, Jessica. Spencer tem o suficiente com o que se preocupar fora do Michaels Hotel Group para mantê-lo bastante ocupado”, Scott me informou.

“Você se refere ao divórcio?”

“O divórcio, a batalha pela custódia…” Huh. Essa parte ainda não estava nos tabloides.

“A batalha pela custódia? Eu não sabia disso.”

“Bem, Spencer está se esforçando para manter isso fora da imprensa por um motivo”, Scott disse, me olhando. Um olhar que dizia agora eu sei que você lê os tabloides.

Eu balancei minha cabeça. “Não estou interessada por mera curiosidade, Scott. Temos que pensar na ótica da empresa. Se Spencer for arrastado para a lama nos tabloides, isso não refletirá bem… “

“Spencer não está sendo arrastado para a lama nos tabloides. Ele tem uma ex-mulher vadia que o traiu, empurrou o divórcio por sua garganta no segundo em que ele ficou cego e agora está usando sua cegueira como uma defesa para seu pedido de custódia.”

Engoli. “Certo.”

“Não é para você se preocupar. Tudo que você precisa saber é que Spencer está muito ocupado, então você pode apenas se concentrar em fazer seu trabalho. Esqueça ele e suas táticas de intimidação”, disse ele, apontando para o post-it em minha mão.

Eu balancei a cabeça, mesmo sabendo que seria impossível esquecê-lo, com ou sem as táticas de intimidação. Na verdade, desde que conheci Spencer Michaels no dia anterior, e desde que sonhei com sua força, com seu toque… Eu não tinha sido capaz de tirá-lo da minha mente.

“Você tem um encontro marcado com Craig à uma da tarde. Não se atrase”, Scott disse, me chamando de volta à realidade.

Eu balancei a cabeça novamente. Craig Sharp, o pai da noiva de Scott, era um consultor de negócios muito importante para a empresa.

Craig pediu a Scott para combinar um encontro comigo para que ele pudesse me conhecer. Mas eu sabia o que significava conhecer . Significava julgar. Significava descobrir se a nova contratada de vinte e cinco anos era competente, ou se ela apenas tinha uma bela bunda.

Voltei para o meu escritório, pronta para trabalhar antes de sair para o encontro. Eu estava realmente meio que empolgada para esse encontro. Independentemente de Craig ser um pé no saco ou não, ele seria uma boa distração.

E, no momento, eu gostaria de qualquer tipo de distração. Qualquer coisa para tirar minha mente do rosto bonito de olhos verdes. Qualquer coisa.

***

Entrei sozinha no hotel Ritz em Piccadilly, Londres, e vi Craig Sharp já sentado a uma mesa. Ele era bonito para sua idade, com cabelos grisalhos e um bronzeado profundo. Quando ele me viu chegando, ele se levantou para me cumprimentar.

“Você deve ser o novo Spencer de Scott.”

“Jessica”, eu disse, apertando sua mão.

“Bem, vamos lá, Jessica. Vamos tomar um drink.”

Craig acenou para o garçom e pediu dois uísques puros. Minhas sobrancelhas arquearam-se: era uma hora da tarde de uma terça-feira, mas Craig não pareceu se importar nem um pouco com isso.

“Ouvi dizer que você está fazendo um bom trabalho”, disse Craig, após tomar o primeiro gole. Ele me olhou, pronto para analisar qualquer resposta que eu desse.

“Tem sido uma honra trabalhar para os Michaels, até agora.”

“Chega de respostas de entrevista, Jessica. Esse encontro é pra papear.”

“E o que você acha que eu tenho a dizer?”

“Olhe para você. Uma jovem atraente em uma empresa cheia de homens sedentos de poder. Você deve estar por dentro de tudo que acontece.”

“Uma dama nunca deve entregar suas cartas, senhor Sharp.” Eu sorri, tomando um gole da minha bebida.

“Não dê ouvidos a ela, Craig. Jess ainda não tem idade para ser uma dama.” Ao som de sua voz, quase engasguei com o uísque. Eu virei minha cabeça e lá estava ele.

Spencer Michaels.

Vestindo um suéter de cashmere cinza e calça jeans, sua pele bronzeada e cabelos claros pareciam ainda mais dourados. Ele parecia a porra do Hércules, se Hércules tivesse estudado em Oxford.

“Spencer. Há quanto tempo, meu amigo!”, Craig disse, apertando sua mão.

“O que você está fazendo com essa aí?” Spencer respondeu, acenando em minha direção.

Meu nome é Jessica “, eu mal consegui dizer.

“Vim conhecê-la um pouco. Scott disse que ela ficará conosco por um tempo.”

“Ele disse, é?” Spencer sorriu.

“O que você está fazendo aqui, Spencer?”, eu perguntei, tentando soar genuinamente curiosa.

“Eu tenho uma reunião. Meu encontro está atrasado. Você não se importa se eu sentar, não é?”, ele perguntou, já se sentando em uma cadeira.

“Vou pegar uma bebida para você”, Craig anunciou, dirigindo-se ao bar.

“Você está se infiltrando em todos os lugares certos”, disse Spencer para mim.

“Me infiltrando? Não sou James Bond.”

“Certamente não com esse corpo”, ele respondeu, e minhas bochechas queimaram. Ele acabou de dizer…? “Sim. Sob certa luz, posso ver formas. Você recebeu eu bilhete?”

“Sim. Agradeço por isso”, eu disse sarcasticamente, tentando colocar meu corpo sob controle, para me forçar a manter o profissionalismo. Mas ele deslizou sua cadeira para mais perto da minha, o que foi o suficiente para arrepiar os cabelos da minha nuca.

“Jess, eu vou ser sincero com você. Não estou feliz que você tenha sido contratada.”

“Ah, uau, que surpresa.” Mas quando eu disse isso, Spencer Michaels colocou a mão na minha coxa, me silenciando. Minha prendi a respiração e imediatamente senti um calor explodir entre minhas pernas. Ele se inclinou para perto, aproximando sua boca à minha orelha.

“Não estou feliz que você tenha sido contratada, mas não me incomodo com a forma que você reage ao me ver”, ele sussurrou.

“O quê?”, eu falei surpresa.

“Ser cego significa que meus outros sentidos são aguçados.”

“E daí?”

“E daí que eu posso sentir seu cheiro, Jess. Eu posso cheirar sua excitação.”

COM LICENÇA? ” Eu falei, pulando da minha cadeira, mas Spencer apenas se levantou também.

“Com licença digo eu “, ele disse com um sorriso, e então ele caminhou até uma nova mesa e se sentou.

“Está tudo bem? Onde está Spencer?” Craig Sharp perguntou quando voltou para a mesa com novas bebidas. Eu apontei para ele – eu não poderia fazer muito mais que isso. Eu ainda estava tentando descobrir o que tinha acontecido.

 

Leia o livro completo no app do Galatea!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O Resgate de Maximus

Quando Leila volta à sua cidade natal para ser uma médica da matilha, ela se vê presa entre o passado e o presente—e o amor de dois homens—um belo colega médico e um alfa com um segredo. Mas quem fará seu coração bater mais rápido?

A Princesa e o Dragão

“Eu pulei da minha cama. Coloquei meu casaco de pele de carneiro. Era verão, mas as manhãs ainda eram frias.

Peguei a mochila de aventura que papai me deu no meu último aniversário, quando fiz sete anos. Ele a encheu de coisas úteis que eu precisaria para caçar salamandras, construir fortes e caçar Dragões.”

Evie Chase – Por Trás das Câmeras

Evie Chase, de 17 anos, tem de tudo: fama, fortuna e a carreira de cantora dos seus sonhos. Mas depois de lutar contra a ansiedade e as pressões do estrelato, Evie retorna para a sua pequena cidade natal, enfrentando antigos valentões, novos amigos e o garoto que ela deixou para trás…

Classificação etária: 16 +

Autor original: Riss Concetta

O Alfa do Milênio

Eve é mais poderosa do que a maioria – porém, quando recebe uma missão com um prêmio que ela não pode recusar, Eve começa a se perguntar se é forte o suficiente para concluí-la. Com vampiros, lobisomens desonestos e divindades malignas atrás dela, a determinação de Eve é posta em questão – e isso acontece antes dela encontrar seu companheiro…

Do universo de Os Lobos do Milênio

A Serva do Dragão

Viaje no tempo com esta reinterpretação medieval da fumegante ~Cidade Réquiem~! Madeline serviu aos poderosos metamorfos Dragões da Horda de Réquiem desde que era jovem. Em seu aniversário de dezoito anos, Hael, o próprio Senhor do Dragão, fixa seus olhos verde-esmeralda em Madeline. Ele tem planos ~maiores~ para ela. Madeline será a escrava sexual subserviente que Hael exige? Ou esse dominador ultra sexy encontrou seu par?

Estrada de Aço

Paxton é filha do xerife local. Connor é o líder do Clube de Moto dos Cavaleiros Vermelhos. Suas vidas colidem depois que Paxton volta para casa, para a pequena cidade em que ela cresceu. As faíscas voarão ou o romance deles levará a cidade inteira a uma ruína?

Mentes Perversas

Elaina Duval vivia uma vida perfeitamente feliz e normal com a sua mãe – bom, pelo menos até o dia em que ela completou dezoito anos. No seu aniversário, ela descobriu que foi prometida ao cruel e malvado Valentino Acerbi, que em breve se tornaria chefe da máfia italiana. Sem poder escolher ou dar a sua opinião sobre o assunto, ela é arrastada para o mundo distorcido dele e é forçada a suportar coisas que nenhum ser humano deveria ter que fazer, mas… e se ela começar a gostar?

Classificação etária: 18+ (Aviso de conteúdo: violência, abuso sexual, estupro, tráfico de pessoas)

Fada Madrinha Ltda.

Todo mundo já quis ter uma fada madrinha, certo? Bom, Viola descobre que tem uma – ela só precisa assinar um contrato e todos os seus sonhos e fantasias românticas se tornam realidade! O que poderia dar errado? Que tal o detalhe que ela agora precisa competir em um jogo perigoso contra outras mulheres para conquistar o coração de um príncipe deslumbrante? Que comecem os jogos!

O Convite do Alfa

Georgie passou a vida inteira em uma cidade de mineração de carvão, mas só quando seus pais morreram bem na sua frente é que ela percebeu como seu mundo realmente é brutal. Justamente quando ela pensava que as coisas não podiam piorar, a jovem de dezoito anos tropeça no território de uma matilha reclusa de lobisomens que, de acordo com os rumores, são donos das minas. E seu alfa não está muito feliz em vê-la… Ao menos no início!

Keily – Gordinha e Fabulosa

Keily sempre foi corpulenta e, embora tivesse suas inseguranças, nunca deixou que isso a atrapalhasse. Isto é, até ela se mudar para uma nova escola onde conheceu o maior idiota de todos os tempos: James Haynes. Ele nunca perdia a chance de zombar de seu peso ou apontar o que chama de defeitos. Mas o fato é que… as pessoas que dizem as coisas mais maldosas geralmente escondem seus próprios problemas, e James está escondendo um segredo ENORME. E é um segredo sobre Keily.

Classificação etária: 18+ (Aviso de conteúdo: assédio sexual, agressão)

Autor Original: Manjari