logo
GALATEA
(30.7K)
FREE – on the App Store

Fada Madrinha Ltda.

Todo mundo já quis ter uma fada madrinha, certo? Bom, Viola descobre que tem uma – ela só precisa assinar um contrato e todos os seus sonhos e fantasias românticas se tornam realidade! O que poderia dar errado? Que tal o detalhe que ela agora precisa competir em um jogo perigoso contra outras mulheres para conquistar o coração de um príncipe deslumbrante? Que comecem os jogos!

 

Fada Madrinha Ltda. por F.R. Black está agora disponível para leitura no aplicativo Galatea! Leia os dois primeiros capítulos abaixo, ou faça o download do Galatea para obter a experiência completa.

 


 

O aplicativo recebeu reconhecimento da BBC, Forbes e The Guardian por ser o aplicativo mais quente para novos romances explosivos.

Ali Albazaz, Founder and CEO of Inkitt, on BBC The Five-Month-Old Storytelling App Galatea Is Already A Multimillion-Dollar Business Paulo Coelho tells readers: buy my book after you've read it – if you liked it

Leia o livro completo no app do Galatea!

1

Resumo

Todo mundo já quis ter uma fada madrinha, certo? Bom, Viola descobre que tem uma – ela só precisa assinar um contrato e todos os seus sonhos e fantasias românticas se tornam realidade! O que poderia dar errado? Que tal o detalhe que ela agora precisa competir em um jogo perigoso contra outras mulheres para conquistar o coração de um príncipe deslumbrante? Que comecem os jogos!

Classificação etária: 18+

Aviso de conteúdo sensível: Estupro

Os poços do Inferno arrotaram e encheram a humanidade com o cheiro pungente de ovos podres que abrigavam as brasas de Hades.

Corações sangrando.

Quantos graus está fazendo? Duzentos?

Limpo as gotas de suor da testa e respiro com dificuldade o ar úmido que parece me sufocar como punhos carnudos agarrando a minha garganta delicada, me observando com um deleite maligno enquanto eu tento respirar, lutando pela minha vida.

Se esse ar podre e pesado fosse feito de carne e osso, eu estaria tentando arrancar os seus olhos, lutando como uma gata selvagem, para me livrar desse aperto sufocante que sinto ao redor do meu pescoço.

Não sei bem de que tipo é esse demônio almiscarado e úmido, mas tento dar um chute na virilha dele, mesmo assim. Não adiantou, esta criatura fantasma não se intimidou enquanto batemos contra a parede, em uma batalha que estou perdendo rapidamente.

Mas eu não morro. O ar úmido desagradável me permite respirar um pouco, apenas o suficiente para me manter viva e continuar passando por essa tortura.

O gemido alto do meu ar-condicionado parece se transformar em uma gargalhada estridente, revelando o seu verdadeiro eu, um dos vilões dessa cena! Ele nunca teve a verdadeira intenção de esfriar a sala.

As mentiras – a traição.

Eu sou dramática?

Isso é relativo. Digamos que se você me comparar com uma pessoa da classe alta Karen jantando em um restaurante, que acabou de receber a conta, sem perceber que propositalmente foi cobrado a mais, então eu sou perfeitamente normal.

Na verdade, estou meio tentada a ligar o noticiário para ver se o sol está prestes a causar um desastre. A cidade de Nova Orleans sempre fica a dois passos do Inferno no mês de julho.

E não adianta eu morar no último andar de uma velha casa vitoriana. É quase como se a antiga madeira mal-assombrada tivesse um pacto com o diabo, para reivindicar as almas que habitam essa fornalha.

Mas, eis o verdadeiro problema em questão.

Há uma coisa pior do que o inferno que flutua em torno de Nova Orleans.

Estou segurando uma carta, uma carta dourada brilhante, veja bem, que foi colocada por baixo da minha porta hoje de manhã. Quando ainda estava escuro lá fora. Era cedo pra caramba, pessoal!

Da última vez que verifiquei, o serviço postal não entregava cartas às quatro da manhã por baixo da porta das pessoas.

Por quê? Porque isso seria absurdo e não é assim que eles conduzem os seus serviços. Eles trabalham em horários corporativos normais e adequados.

Somente pessoas mentalmente instáveis ​​entregam cartas às quatro da manhã, passando-as por baixo da porta da frente, provavelmente exalando uma respiração pesada e excitada.

Você sabe do que estou falando: perseguidores, assassinos em série, psicopatas.

Freddy.

A carta seria assim: Surpresa, eu estou te vendo!

Algo completamente sinistro, e isso seria o início de um filme de terror de baixo orçamento.

Eu sairia correndo, tentando fugir, e do nada tropeçaria nos meus próprios pés, e seria brutalmente morta por um machado misterioso.

Mas não, não é o que se lê na carta, nem perto disso.

Ela irradiava luz. Por um segundo, eu achei que estava sendo convidada para a fantástica fábrica de chocolates do Willy Wonka, segurando o bilhete dourado.

É muito mais estranho do que isso, eu juro para você. É por causa dessa carta que agora eu duvido de minha estabilidade mental.

Eu me balanço enquanto olho para a carta fantasmagórica que ilumina os meus dedos e metade do meu braço. O papel é macio como uma pena, e posso ouvir um tilintar fraco, como se você sacudisse um sininho, bem lentamente.

Aparentemente, pessoal, a própria Fada Madrinha sentiu a necessidade de escrever para mim e me convidar para uma grande aventura romântica. Para conhecer um príncipe encantado escolhido pelo destino.

Coloco a mão quente na minha testa em chamas e leio a carta novamente, apenas para confirmar que eu entendi corretamente, sentindo uma histeria crescer dentro de mim.

Querida Viola Del Vonsula,

Parabéns para você.

Se você estiver de pé, sugiro que se sente. Você foi escolhida aleatoriamente para participar do aniversário de 200 anos da Fada Madrinha, Ltda.

Embora esta seja uma escolha aleatória, eu sei muito sobre você – possivelmente mais do que você sabe sobre si mesma. Eu te vejo agora, lendo esta carta, com uma carranca em seu lindo rostinho.

Mas fique tranquila, Viola, eu quero o melhor para você, e isso é muito mais do que você está acostumada.

Eu sei que você viveu uma vida de medo, sem família, ficando órfã muito cedo. Sei que você era uma criança pobre, sofrida, que teve que crescer muito rápido.

Mas você já foi uma sonhadora, cheia de esperança e entusiasmo, vendo a beleza em tudo e dando à humanidade o benefício da dúvida. Na verdade, uma garota maravilhosa por dentro e por fora.

Mas agora você chafurda na sua própria paranoia. Se misturar com a turma errada pode ser devastador para qualquer pessoa.

Sua inocência está conduzindo você por um caminho de escuridão e desespero, eu temo. Isso me entristece, como eu sou a Fada Madrinha, eu desprezo uma história tão trágica.

Mas eu tenho notícias brilhantes, Viola. Eu, a Fada Madrinha, tenho uma oferta que pode mudar a sua vida para sempre. Deus sabe que você precisa disso. Você só pode melhorar de vida, querida menina.

Estou lhe dando a chance de encontrar o seu final feliz.

Em nome da empresa Aphrodite Ltda., estou convidando você para competir contra quatro outras mulheres por uma oportunidade de viver feliz para sempre.

Lembre-se de que esta oferta é uma oportunidade única na vida, cheia de aventura, perigo e o prêmio final será o amor verdadeiro.

O amor é o segredo da vida, Viola, e pode ser seu. Por favor, pare um momento e imagine se apaixonando por um príncipe bonito e arrojado.

Eu sei que o seu primeiro instinto é jogar esta carta fora, mas por favor, não faça isso, querida menina. Pelo amor de Deus, esta é sua única chance de ser feliz. Confie em mim, eu sei de tudo.

Eu mencionei que as pessoas querem te ver morta? Muito desconcertante.

Eu sou onisciente. O destino é a minha especialidade. Destino é o meu hobby. Inferno sangrento, criança, eu sou a guardiã da emoção mais poderosa de todas… o amor verdadeiro.

A escolha é sua.

Esta oferta vai durar até amanhã à noite, quando o relógio bater meia-noite. Se aceitar, todos os detalhes e perguntas serão fornecidos para garantir o entendimento completo e total.

A reunião acontecerá no bairro French Quarter com a presença de um homem alto e charmoso, vestido de branco. Por favor, não se atrase, ou esse sonho de princesa não passará de uma abóbora podre rolando.

Ao aceitar esta oferta, você concordará em pagar por essa experiência entregando metade de todos os seus bem, incluindo, mas não limitando-se a:

Contas bancárias, investimentos e poupança, joias, veículos, roupas, sapatos, eletrônicos, imóveis, animais e pertences dos seus bichinhos.

Se você falhar, todos os laços familiares serão quebrados e você ficará sozinha no mundo. Todos os competidores viajarão para o mesmo reino; a escolha de um Reino é aleatória, feita por uma roda giratória do destino.

Esta viagem é conhecida por causar vômitos, diarreia, náusea, tontura, mal estar, sonolência, tremores incontroláveis, fadiga e, em casos raros, morte.

Tudo que envolve o desafio do conto de fadas dependerá exclusivamente do destino, e todos os aspectos serão imprevisíveis e potencialmente perigosos, até mesmo resultando em sua morte.

Cada competidora terá sua chance na roda de fiar, onde descobrirá qual será o seu destino nos próximos três meses do desafio.

Seja a competidora uma princesa ou uma mendiga, elas terão que fazer o melhor para atrair os olhos e o coração do príncipe.

Boa sorte,

Fada Madrinha

Fada Madrinha, Presidente e CEO, Fada Madrinha Ltda.

“Onde os sonhos se tornam realidade.”

Você entendeu o que eu quis dizer?!

Esta senhora sabe algumas coisas sobre a minha vida, e tenho certeza de que não contei a ninguém as minhas escolhas erradas. Isso ficou sempre entre eu, eu e eu.

E, para piorar, eu não tenho amigos e família que sintam a minha falta caso eu suma.

Meus pais adotivos só me amavam quando chegava a hora de pedir auxílio para o governo ou quando eles precisavam de uma babá para os seus outros sete filhos quando eles saíam para comer alguma coisa.

Algum tempo se passou e eu fiquei ali, olhando, o meu coração estava batendo forte com indecisão. Isso só faria sentido se o convite da carta fosse mesmo genuíno. O que definitivamente não é. Eu ri.

Ok, Viola, não vamos pegar o ônibus para a Cidade dos Malucos ainda. Vamos listar os fatos e analisar isso logicamente:

– Esta carta está brilhando. Isso parece impossível.

– Esta carta está brilhando e foi escrita com uma fonte cintilante e desconhecida. Parece sobrenatural.

– “A Fada Madrinha” sabe coisas que ela definitivamente não deveria saber sobre a minha vida. Isso é muito perturbador.

– Eu ouço sons de um sininho tocando.

– Fada Madrinha Ltda. soa um pouco como Jogos Vorazes – mas para os românticos irreparáveis.

– Eu sou uma amante secreta do filme Anastasia , não conte a ninguém.

– Uma reunião à meia-noite para encontrar o Príncipe Encantado pode ser um golpe.

Eu fiquei pensando sobre isso.

Se isso for uma pegadinha do malandro ou um estudo científico para testar mulheres idiotas e ingênuas, então eu posso entrar para a estatística. Talvez eles estejam se oferecendo para nos aconselhar? Quem sabe eu não posso até me beneficiar com isso?

Esse poderia ser um estudo aprovado por um médico famoso! Quer dizer, eu sempre quis receber aconselhamento, esse uma espécie de desejo oculto, na verdade.

Eu secretamente quero que os médicos olhem para mim e me digam se eu realmente sou psicótica porque fui maltratada durante toda a minha vida, então nada é minha culpa, e daí nós choraríamos juntos.

Eu poderia quebrar as minhas barreiras emocionais!

Eu poderia ser enviada para uma clínica de reabilitação super agradável, à beira-mar.

Vou fazer essa loucura, então?

Meia-noite de hoje.

Bem, fada madrinha, você pode contar comigo. Eu sou maluca o suficiente para aparecer e representar .

Eu olhei de volta para a carta brilhante e não consegui tirar um sorriso bobo do meu rosto.

Acabei de comprar uma passagem para a Cidade dos Malucos.

Ou uma cama macia em um centro de reabilitação.

 

Leia o livro completo no app do Galatea!

2

23h34.

Eu já deveria ter saído.

Não sei bem porque estou atrasada.

Respiro fundo e olho para o meu reflexo, com uma sensação de enjoo no estômago. Eu parecia mentalmente estável?

Eu franzo a testa e observo o meu olhar descolorido me encarando, no espelho do meu banheiro minúsculo. Definitivamente, provavelmente, não realmente. O que você vê quando realmente dá uma boa olhada além do meu rosto bonito e longos cabelos negros?

Eu costumava pensar que a minha bendita aparência exótica me levaria longe na vida, mas eu a verdade é que ela produziu efeitos adversos.

Olha, antes que você tenha uma ideia errada de mim, eu sou grata. Sou mesmo. Eu agradeço a minha aparência à minha mãe biológica que me deixou no orfanato de Water Crest em Houston, no Texas.

Mas, de certa forma, acho que o fato de ser bonita acabou fazendo eu negligenciar outras áreas nas quais eu deveria ter sido forte, como o bom senso. Ou a inteligência para viver nas ruas.

Se eu pudesse, diria para a minha versão mais jovem que se envolver com o filho bonito de um traficante de drogas muito conhecido deveria ser evitado custe o que custar.

Porque eles não aceitam separações muito bem. Eles querem encontrá-la e trazê-la de volta para conversar.

23h49

“Oh não,” eu digo para mim mesma.

Meu coração começa a bater loucamente enquanto corro para pegar minha bolsa e o iPhone. Pego a carta, que agora não brilhava mais, e coloco na minha mochila de leopardo e faço uma oração enquanto corro porta afora.

Eu realmente espero que a carta brilhante não tenha sido uma invenção da minha imaginação, ou eu nunca me permitirei esquecer isso.

Vou precisar de ajuda para encontrar esse cara em oito minutos. Meu macacão violeta diz que sou fofa e acessível, eu poderia encontrar um cara indefeso para me acompanhar.

Felizmente, eu moro só a uma quadra do French Quarter. Devo ser capaz de encontrar ajuda. Eu sou uma gatinha, pelo amor de Deus – tipo, eu sou adorável.

Donzela em perigo.

5 minutos depois…

Errado.

“Com licença—” Me diz agressivamente um cara que parece ser um vampiro, usando uma capa roxa brilhante e maquiagem excessiva.

“Ei!” Saio do caminho dele e olho pra ele como se tivesse raios laser nos olhos. Ele terá uma morte dolorosa esta noite. Ou talvez o carma pelo menos dê para ele uma diarreia explosiva.

Alguém deve saber de alguma coisa! Corro até um grupo de turistas de meia-idade que parecem estar aproveitando as bebidas nos seus copos, todos exibindo sorrisos e gargalhadas.

“Oi, vocês poderiam me ajudar ?!” Tento mostrar a eles que não sou maluca: “Preciso encontrar um homem encantador, sei que parece estranho, mas isso faz parte de uma competição”.

Eu aceno a minha mão enquanto explico, “Eu acho que ele estaria usando um terno.”

Eles passam por mim como se eu fosse louca!? Eu cerrei meus dentes, com vergonha. Aquele homem com a câmera está usando meias brancas com sandálias de velcro.

Um verdadeiro crime contra a humanidade.

O carma realmente terá um trabalho difícil esta noite.

Eu estou por minha conta.

Dois minutos e meio se passaram, sem sorte. Não vejo nenhuma placa dizendo: Por aqui, senhoras malucas! Fada Madrinha Ltda.!

O que diabos eu estava pensando, achando que seria suficiente só dez minutos para encontrar este homem misterioso? Afinal, o que tudo isso quer dizer?

Sou uma procrastinadora horrível, sempre esperando até o último minuto para me decidir. Gosto de pensar que isso mantém as coisas empolgantes. Vou continuar dizendo isso a mim mesma e não entrarei em pânico.

Estou esbarrando nas pessoas a torto e a direito e para piorar, piso em um chiclete quente que agora faz um som pegajoso toda vez que meu salto preto atinge o chão.

Perfeito.

Eu verifico meu telefone.

11h59

“Eu virei abóbora!” Eu grito em derrota, sentindo o fracasso infiltrar-se em cada centímetro do meu corpo. Eu li a carta novamente, e ela não me deu instruções claras. Filha de uma égua!

“Eu virei uma abóbora podre,” eu gemo para mim mesma.

Deixe as lágrimas caírem loucamente.

Eu estava me debulhando. Normalmente não sou tão emotiva.

Mentira.

Uma senhora que estava passando com o filho apertou o passo para passar por mim mais rápido, como se eu pudesse estender a mão e agarrá-lo como uma lelé da cuca !

“Oh, ótimo!” Eu saio do caminho quando eles passam. “Eu sou uma ameaça chorona,” eu reclamo. Eu fungo, mas que tipo de mãe sai na rua com seu filho essa hora da noite?

Sinto uma mão tocar o meu braço. Eu me viro e vejo uma ruiva alta e adorável, o seu cabelo cortado em uma linha reta sobre os ombros.

Seu vestido branco de verão é lindo, e seu sorriso ainda mais bonito. Ela parece uma moça bela, recatada e do lar.

“Posso te ajudar?” Eu digo, com mais raiva do que gostaria.

Não estou de bom humor, senhora.

“Reparei na carta que você está segurando.” Ela acena para o papel que eu tinha em mãos. “Parece que nós duas estamos tendo problemas para encontrar o Príncipe Encantado.”

O quê?!

O alívio me lavou como uma cachoeira. Portanto, não sou a único idiota que caiu nesse golpe. “É meia-noite,” eu digo, em derrota.

“Bem,” ela começa enquanto olha ao redor das ruas movimentadas, “Eles não podem ficar bravos se nós nos atrasarmos, com instruções como essas. Tanto faz, isso é bobo de qualquer maneira.”

Ela ri e me olha como se procurasse desesperadamente confirmar os seus pensamentos.

E realmente, isso é bobo. “Acho que me sinto um pouco envergonhada só de procurar por ele. A curiosidade foi maior que eu. “

Ela ri e solta um grande suspiro e começa a abanar o rosto. “Eu sei, e está tão quente esta noite. Aposto que eles estão nos filmando agora mesmo. Provavelmente somos as únicas que apareceram.”

Eu me juntei porque não havia mais nada a fazer do que rir de nós mesmas.

Procuramos, talvez, uma câmera escondida ou um grupo de pessoas olhando em nossa direção e apontando.

Mas o que eu não esperava era ver um homem muito bonito vestido com um terno branco impecável. Ele estava parado não muito longe de nós, no beco do outro lado da rua.

Nossa risada morre quando nós duas olhamos para ele, sérias.

Juro que olhei naquela direção antes, e ele não estava lá com um sorriso brilhante direcionado para nós. É ele?!

Estou tonta e aquele formigamento na boca do estômago voltou, meu pulso estava batendo forte.

“Você o vê também?” Eu quase não pergunto. “O homem.”

“Claro que sim.”

“O que nós fazemos?” Arrisco um olhar para ela, com meu pulso martelando.

“Mandamos beijinhos para ele? Eu não faço ideia,” ela sugeriu sem fôlego, sua voz estava vacilante.

Estou chocada demais para sorrir. Olhando de volta para o homem, meu cérebro percebe que ele é incrivelmente bonito, parado ali com uma mão casualmente enfiada no bolso do terno.

Ele está encostado em uma porta, apenas olhando para nós com um sorriso divertido que é totalmente charmoso.

“Você acha que ele gostaria disso?”

“Do quê?”

“Que a gente mandasse beijinhos.”

Ela agarra a minha mão e olha para mim, me puxando.

“Devíamos ir até lá.”

Acho que eu disse algo, mas se perdeu no ar úmido da noite.

Andar até ele não acalmaria os nossos nervos, e dá pra sentir o nervosismo da ruivona pelo jeito que ela está agarrando minha mão, com muita força.

Ele sorri brilhantemente para mim, depois para ela. Seu olhar pousa em mim novamente, e algo estranho cintila em seus olhos azuis perfeitos que faz um arrepio deslizar pelas minhas costas.

“Vocês, meninas, estão atrasadas.” Sua voz é suave e adorável. Seu cabelo loiro está penteado para trás perfeitamente e ele tem o rosto de um príncipe.

Abro a boca para falar, mas não sai nada.

Minha mente está paralisada.

“Por favor, entrem. A fada madrinha odeia atrasos,” ele diz como se estivéssemos falando sobre o tempo, algo completamente normal.

Ele abre a porta de madeira que dá para uma escada.

Está escuro lá em cima.

Estamos indo para um hospício? Será que os homens com uniformes brancos são médicos que vão nos prender e nos colocar em uma sala acolchoada e enfiar comprimidos em nossas gargantas?

“Ei, você vai nos estuprar?” Eu pergunto e fico corada.

Noção?

A ruiva empalidece ao meu lado e então olha para ele.

Eu acabei de dar a essa ideia para ele, não foi? Mas sejamos honestas, ser estuprada por ele pode não ser tão ruim assim. Eu poderia brincar de luta no início, mas depois me entregaria totalmente.

Eu sou doente.

Ele vira o seu rosto chocado para mim e ri alto, mas não diz nada, desaparecendo escada acima. “Vamos, senhoras.”

Ela encolhe os ombros e segue atrás dele.

“Isso foi um sim?” Eu sussurro enquanto os sigo cegamente, sentindo a minha pele formigar.

Ela se vira para mim enquanto subimos a escada escura. “Acho que foi um talvez.”

Aposto que posso fugir da ruiva se a merda for atirada no ventilador. Ei, eu nunca disse que era uma pessoa nobre, essa é uma falha de personalidade, estou trabalhando para melhorar.

Nós chegamos ao topo e ele abre uma grande porta de prata, e eu fico tensa, me preparando. Um ar muito frio, incomum e maravilhoso nos atingiu. A visão diante de mim rouba todo o ar dos meus pulmões.

O quê…

O quarto é espaçoso e completamente lindo, de cair o queixo. Acho que ouvi a ruivona suspirar, colocando a mão sobre a boca.

Tudo é branco e azul celeste. Os pisos são de mármore branco cintilante com redemoinhos cintilantes de um azul claro nos detalhes.

O teto é abobadado com pedaços de vidro cintilantes, e a área de estar é requintada com sofás brancos ofuscantes e detalhes em safira.

A coisa toda não parece real. Respiro fundo e tento contar até dez, mentalmente.

“Bem-vindas à Fada Madrinha Ltda., senhoras. Por favor, façam o check-in na recepção” o Príncipe Encantado diz em uma voz cantante. “Por favor, vão logo.”

Eu olho para ele, de boca aberta. “Check-in?”

Ele aponta para uma grande mesa em forma de U com uma linda mulher sorrindo para nós.

Ela está digitando em um computador e tem um fone de ouvido, está conversando com alguém do outro lado da linha. Ela está usando um vestido todo branco, perfeitamente adequado para o almoço no castelo real.

Seu cabelo dourado balança enquanto ela digita, parece que ela gosta muito do seu trabalho. Está rolando uma vibe assustadora de secretária assassina.

Eu percebo a minha histeria, olhando para tudo como uma ameaça em potencial. Caminhamos até ela, e ela aponta para o papel cintilante e a caneta, enquanto continua falando.

“Sim, elas acabaram de chegar – uh-huh”, ela faz uma pausa, ouvindo, “é claro, eu sei que elas estão atrasadas.” Ela olha para nós com um olhar bravo.

“Vou fazer o check-in rapidamente então – eu entendo. Vou levá-las de volta, minha senhora. Eu sei que a pontualidade é essencial.”

Ela olha para nós e força um sorriso. “Por favor, preencham os dados e sentem lá, e depois o Encantado trará todas para a arena.”

Arena?

Que diabos?

Este lugar não é grande o suficiente para isso, e eu não sou tão tonta. Eu assino meu nome e noto que há outros cinco nomes na lista. Sete garotas? Achei que a carta dizia cinco?

Hmm, fascinante. Eu estava criando mais expectativas para esse golpe publicitário, confesso. Viro uma esquina e vejo cinco mulheres adoráveis ​​sentadas em sofás brancos, parecendo tão nervosas quanto eu.

A ruiva deu um pequeno aceno para elas, e nós nos sentamos juntas no único sofá vazio ao lado de uma mesa de refrescos. Ok, isso é estranho.

“O que é este lugar?” A ruiva sussurra.

Eu engulo em seco e encolho os ombros, olhando ao redor da bela sala de estar. “Isso está ficando mais estranho a cada segundo,” eu sussurro.

A ruivona fala com as outras garotas. “Oi.” Ela limpa a garganta, “Meu nome é Cherie, todos vocês receberam uma carta esta manhã?” O nome dela é Cherie, anotei mentalmente.

Todos elas acenam com a cabeça e murmuram algo que é inaudível.

Uma esnobe garota de cabelos loiros se levanta para olhar em volta, com seus saltos cor-de-rosa estalando no mármore.

Eu digo esnobe porque ela tem aquele ar de garota má. Cabelo loiro perfeito, corpo de Barbie, vestido curtinho rosa e uma cara de piranha malvada que é ainda melhor do que o meu.

Ela devia ter anos de prática. Bravo.

“Meu nome é Laura Rogers. Eu tenho certeza que você já ouviu falar do meu irmão. Luke Rogers? Ele é o arremessador do time Red Socks.” Ela sorri, parecendo muito presunçosa.

Laura examina suas unhas e caminha pela sala, ouvindo os elogios de todos. “Espero que tenha algo a ver com a TV.”

“Eu não assisto beisebol, é tão chato,” eu falo antes de que meu filtro defeituoso possa entrar em ação. Eu sinto a Cherie me lançar um olhar, em seguida, um sorriso, cobrindo o sorriso com a mão.

Laura me observa e leva um tempo para me olhar de cima a baixo. Ela levanta uma sobrancelha fina e caminha até mim, com os lábios contraídos. Ela tem lábios muito finos, eu noto, que se achatam em uma única linha.

“E quem é você? Uma vampira? A rainha das trevas? ” Ela ri levemente.

Isso não é nem engraçado.

Eu resisto a revirar os olhos. “Meu nome é Viola Spear, e estou aqui por pura curiosidade”, murmuro. Não sei porque acabei de dar a ela um sobrenome falso.

“Tanto faz”, ela diz de volta. “Não é por isso que estamos todas aqui?”

Uma garota negra que está sentada no sofá à minha frente se inclina para frente. “Olá, sou Destiny. Este lugar me dá arrepios – é perfeitinho demais. Alguém mais está se sentindo assim?”

Ela ajusta a calça jeans e a blusa branca. Ela usa lindos sapatos prateados, noto.

A garota ao lado de Destiny, com cabelo curto platinado, acena com a cabeça em concordância. Ela levanta a mão.

“Eu sou a April. Estou um pouco nervosa com isso aqui. Espero que não haja nenhum teste ou algo parecido. Não sou bom na frente de multidões, tipo, vou ter um ataque de pânico.”

“Estamos em um documentário ou cenário de um filme.” Laura fala aborrecida com a incompetência de todas.

Uma morena alta ri. “Não vamos esquecer o quão gostoso é o Sr. Encantado,” ela sussurra alto o suficiente para todos nós ouvirmos e olha para o lado. “Ah, e eu sou a Ivy, ex-fuzileira naval.”

Todos nós murmuramos algo sobre o seu serviço excepcional ao nosso país.

A última garota com pele marrom clara e um coque alto levanta a mão para se apresentar, mas o Príncipe Encantado entra.

A boca de todas se fecha e os olhos se arregalam. Meu coração bate loucamente, como uma dançarina de sapateado bêbada que acabou de tomar cinco latinhas de energético.

Ele sorri e coloca a mão na calça branca.

“Senhoras, estamos prontos para todas vocês entrarem na Arena, onde todas as suas perguntas serão respondidas. Estamos um pouco atrasados, então, por favor, não vamos deixar a Fada Madrinha esperar nem mais um segundo. “

Eu ouço uma risadinha abafada à minha esquerda.

Ele olha para todas nós. Um olhar severo cruza suas belas feições enquanto ele nos estuda.

“Por favor, levem isso a sério. O que vocês estão prestes a ver é real. Todas vocês foram escolhidas pela mão do Destino por uma razão, e antes de entrar, vocês devem respirar fundo e encontrar a sua calma interior. “

Eu franzo a testa, não gosto desse papinho.

Se entrarmos em uma masmorra sexual como aquela garota de Cinquenta Tons , estou pronta para pisotear a Laura e sair correndo se precisar. É sério, o mais apto sobrevive, eu posso lutar como uma gata selvagem, se for preciso.

Todas nós nos alinhamos e seguimos o Sr. Encantado através de uma grande porta deslizante de vidro.

Ok, preciso explicar isso lentamente para que você entenda o que eu vejo quando passo pela porta.

Entramos em uma grande área de assentos em forma de U, como algo que você veria em uma universidade, uma sala de aula com assentos altos.

Eu acalmo o meu coração acelerado enquanto me agarro nas costas de uma cadeira.

O problema é…

O problema é que onde estariam um quadro-negro e uma parede, não há nada. Não há nada atrás da grande mesa branca e do pódio.

Não, não é que não tinha nada . O que diabos estou dizendo?!

Eu acho que vou vomitar.

Atrás da mesa estava a droga do espaço externo.

Caso você não tenha entendido isso, atrás da mesa onde deveria haver uma parede está o ESPAÇO EXTERIOR.

Estou olhando para o grande abismo negro que é o nosso universo. Como se alguém tivesse cortado uma nave espacial ao meio e estivéssemos no limite.

Vejo estrelas cadentes distantes, cometas e um planeta enorme que está muito longe, de onde é possível ver a atmosfera se movendo ao seu redor.

Ah, e há essa brisa. Posso ver pequenas mechas do meu cabelo fluindo com a corrente de ar.

Sinto a mão de Cherie em meu braço, apertando, seus dedos ficando brancos enquanto seu braço treme. Estou entorpecida com a dor de seu aperto mortal.

Eu lentamente olho para cima e vejo o Sr. Encantado descendo as escadas de mármore claro até o nível inferior, onde fica a grande mesa.

Meu Deus, há até uma maçã vermelha brilhante em cima da mesa, como se estivéssemos na escola primária.

“Senhoras!” Nos disse com as mãos estendidas. “Por favor, sentem-se onde quiserem”.

“Eu sei que o que vocês estão vendo não parece real, mas vocês descobrirão logo que esta sala é a menor de suas preocupações. Eu digo isso com todo o meu coração. Sentem”

Ele olha para todas na sala enquanto nos sentamos com as nossas pernas trêmulas. Seus olhos pousam em mim por um segundo a mais do que nas outras.

Tenho a sensação bizarra de que ele sabe algo a meu respeito, mas estou impactada demais para pensar nisso.

“Uma bebida será distribuída para permitir que todas vocês absorvam isso, em um estado de espírito muito mais calmo. Vocês podem recusar se quiserem, mas eu sugiro fortemente que vocês aceitem.”

Ele gesticula para que duas mulheres usando roupas brancas entrem com bandejas e nos sirvam um pouco de refrigerante rosa, em um copo comprido.

“Isso vai ajudar vocês, senhoras, então, por favor, bebam. Não temos tempo para ataques de pânico ou desmaios.”

Destiny está com a cabeça entre as pernas, respirando com dificuldade, e April está sentindo a pulsação no pescoço, muito suada. Laura fica em silêncio, com os olhos arregalados e incrédulos.

“Viola? Posso oferecer-lhe uma bebida?” Ela se abaixa para me entregar um copo, sem nem mesmo esperar por uma resposta.

“Sim,” digo sem hesitar. Já estou ferrado, então é melhor aceitar que dói menos.

Eu olho para a minha direita, vendo Cherie e todas as outras engolindo o refrigerante em goles desesperados.

“Alguém tem medo de sermos estupradas?” Eu continuo, nem mesmo tenho certeza se falei isso em voz alta. “É um medo real, gente.”

Vejo uma estrela cadente distante, provavelmente a quilômetros e quilômetros de distância, fazendo a minha respiração engasgar. Ok, estou perdendo o controle rapidamente. Sinto o meu olho esquerdo começar a se contorcer. De baixo para cima.

Eu engulo a bebida com sabor frutado e reprimo um arroto causado pelo gás do refrigerante.

Bem, agora não tem mais volta. Acabei de tomar a pílula azul, e ela está percorrendo meu sistema. Posso sentir o meu corpo zumbindo, meus músculos relaxando.

Vou agora entrar na matrix.

Ouço o som do computador eletrônico enquanto sou sugada para uma realidade diferente.

“Todas vocês vão se sentir mais calmas em cerca de dois minutos”, diz ele enquanto sorri para todos nós, com os braços cruzados sobre o peito. Seus olhos azuis brilhantes estão nos observando.

“Avisem-me quando todas sentirem que podem se concentrar e começaremos.”

Sr. Encantado se encosta na mesa e acende um charuto como se estivesse em casa, sentado diante da lareira. Ou em um hotel sofisticado.

Eu respiro e sinto os meus nervos se acalmarem; uma onda de calor se espalha por mim como um lento rio de lava. Respiro fundo novamente, meus braços param de tremer e meus olhos conseguem se focar.

OK…

OK.

Eu consigo fazer isso. Eu olho ao redor, vendo todas as outras relaxando, sentando-se mais eretas em suas cadeiras. O que havia naquela bebida? Eu me sinto ótima. Agora posso desfrutar dessa vista fascinante diante de mim.

Isso é real, inacreditável. Todo esse tempo a carta era genuína.

“Tudo bem, posso ver que todas vocês estão prontas para começar.” Ele fala com um sorriso e estende o braço para o alto. “Senhoras, apresento a sua Fada Madrinha.”

De repente, uma porta se abre e uma mulher deslumbrante passa pelo batente. As estrelas e os planetas são apenas uma ilusão, então? Que tecnologia incrível.

Seu vestido azul petróleo brilha e seu cabelo prateado está preso em um coque no topo de sua cabeça. Ela parece uma celebridade dos anos 1950.

O vestido flui na cintura justa e para abaixo do joelho, como se ela usasse anáguas. O decote que deixava os ombros de fora era elegante, provavelmente ela era a inveja de toda dona de casa de família tradicional.

Ela parece uma versão de Meryl Streep no filme O Diabo Veste Prada . Ela parece tão intimidante.

Sua expressão enquanto ela caminha é de absoluta seriedade. Não acredito que estou olhando para a lendária Fada Madrinha. Nossa, a realidade é mais estranha do que a ficção.

Ainda não há sorriso no rosto dela, nenhuma saudação feliz como tinha feito o Sr. Encantado. Ela olha para ele com uma expressão quase satisfeita em seu rosto.

” Encantado, estamos prontos para começar?” Ela pergunta enquanto examina a sala, com seu olhar pousado no meu.

Eu prendo a minha respiração.

Tinha alguma coisa no meu rosto?

Ela inclina a cabeça e acho que vejo um esboço de sorriso. A Fada Madrinha olha para trás, para o Sr. Encantado, e ele dá uma piscadela para ela e sopra um rastro de fumaça. “O palco é seu.”

A Fada Madrinha acena com a cabeça e dá alguns passos em nossa direção, com seu vestido cintilando. Ela faz uma pausa, como se estivesse organizando os seus pensamentos.

“Preciso de toda a sua atenção.”

Ninguém diz uma palavra.

Vamos agora descobrir porque estamos aqui.

“Presumo que todas leram a carta enviada a vocês esta manhã. Cada uma de vocês foi escolhida para participar dos Desafios de Contos de Fadas, como nossas agentes”, ela continua enquanto esperamos cada palavra.

“Temo que, desta vez, as coisas sejam um pouco diferentes, devido a circunstâncias infelizes.”

Eu franzo a testa.

Ela respira fundo e coloca a mão na ponta do nariz.

“Tenho dirigido a Fada Madrinha Ltda. há duzentos anos, sempre proporcionando um feliz para sempre.” Ela faz mais uma pausa, como se estivesse tendo problemas para dizer o que quer.

Sr. Encantado dá um passo à frente, coloca a mão em seu ombro e sussurra algo em seu ouvido. Ela balança a cabeça e sussurra algo de volta, muito chateada.

O que está acontecendo? Eu me mexi na cadeira e dei uma olhada para Cherie, percebendo que todas pareciam preocupadas. Cherie encolhe os ombros e olha para os dois.

Vemos Encantado abraçá-la e a Fada Madrinha sai da sala com a mão na boca, muito perturbada. Ele a leva até a porta, então se vira para nós e exala.

“Desculpe-me pela demora.” Ele caminha até a mesa e se senta na beirada.

“Eu liderarei a discussão hoje; a Fada Madrinha é muito ocupada e tem compromissos que não pode faltar. Eu vou responder a perguntas em breve, mas por enquanto, apenas ouçam. “

Seu olhar azul pousa em mim, e depois em todas as outras.

“Se todas aqui concordarem com os termos, então vocês serão transportadas para outro mundo, um reino.

“E sim, senhoras, nós podemos fazer isso. Existem muitas dimensões diferentes, portanto, muitos planetas diferentes com mundos funcionando exatamente como a Terra. Acreditem, porque é muito verdadeiro.”

Ele se posiciona atrás da mesa e começa a digitar, em seguida, acena com as mãos no ar quando as imagens 3D são exibidas.

Em um instante, aquela visão do universo muda.

Eu suspiro.

Isso aqui é uma apresentação de Power Point muito turbinada.

Na tela 3D, digamos assim, são mostrados planetas, listados de um a mil. A metade superior é rotulada em branco, a do meio em azul e noto diferentes tons de vermelho na parte inferior.

“Como vocês podem ver, estes são os planetas que atualmente tem um acordo com a Fada Madrinha Ltda. Este não é o discurso normal que damos às nossas agentes, e por isso, peço desculpas.

“Nós precisamos de ajuda; desespero é um eufemismo aqui. A Fada Madrinha Ltda. está prestes a fechar as portas. Esta é a melhor maneira que posso descrever para que vocês entendam.

“Vou explicar o porquê, e vocês são o primeiro grupo a ouvir essas informações, diretamente dos bastidores. Todo o propósito da empresa é controlar e manter a paz dentro do universo.

“A Fada Madrinha responde a uma autoridade superior, que lhe deu a responsabilidade de manter um certo nível de paz entre todos os mundos.”

Ele faz uma pausa enquanto olha ao redor.

“Todos os planetas estão conectados de uma maneira invisível, e quando um deles abriga o mal, isso afeta os outros como magia negra, é uma reação em cadeia de negatividade. Esse problema não está certo e precisa ser administrado.

“A Fada Madrinha acredita que toda maldade pode ser curada pelo amor; este sempre foi o seu slogan. Ela é uma mulher incrível, sempre pensando que a redenção pode vir até para os mais corruptos. “

Ele faz uma pausa e nota as nossas expressões ainda confusas.

“Precisamos manter cada planeta acima de cinquenta por cento na relação de mal versus bem. Jamais poderemos eliminar o mal por completo, mas podemos mantê-lo administrável com este sistema que usamos há centenas de anos.

“Estamos falando sobre as pessoas que as habitam, suas almas combinadas em uma porcentagem total. Se não pudermos fazer isso, estaremos fora do mercado e um poder diferente assumirá.”

Eu levanto a minha mão.

Ele olha para mim e acena com a cabeça.

Todos os olhos estão em mim. “Então”, eu limpo a minha garganta, “estou supondo que a Fada Madrinha está fechando o negócio porque está tendo problemas em manter o mal abaixo de cinquenta por cento?”

Estou tentando entender esse dilema complexo. Eu me envergonho, esperando não ter feito uma pergunta estúpida.

Ele demora um pouco para responder. “Sim, estamos tendo um problema com um planeta. Lembre-se de que cada planeta é julgado separadamente”, continua Sr. Encantado enquanto aponta para a tela 3D.

“O último mundo no fundo é aquele em questão, aquele que está marcado em vermelho brilhante. Como vocês podem ver, os outros planetas acima dele estão sendo afetados por ele, começando a ficar vermelhos também.

“É como uma infecção, ela se espalha a menos que possamos curá-la, rápido.”

“Eu entendo”, Laura deixa escapar em voz alta e olha em volta. “Você quer que façamos o líder de um reino se apaixonar por uma de nós. Para curar as suas almas malignas. Como somos romanticamente heroicas. “

Seus olhos estão iluminados de empolgação, “Então, somos como heroínas – heroínas do amor.”

“Para mudar o coração dos corruptos”, digo baixinho, ignorando a Barbie.

“Sim.” Ele olha para nós. “Este planeta quer nos destruir. Já tentamos três vezes e não conseguimos. Isso nunca aconteceu antes. Todas vocês serão heroínas; Mas essas não são missões fáceis. “

“Serão três grupos como nós?” pergunta April, com uma cara carrancuda.

“Correto.” Ele dá alguns passos na nossa direção e expira.

“Esta é nossa última chance, então vocês podem imaginar como a Fada Madrinha está perturbada. Todo o trabalho da vida dela está em jogo. Estávamos muito próximos da última missão, chegando a quarenta por cento.

“Mas, infelizmente, isso não resolve, precisamos estar acima da metade. O conselho das fadas é muito rígido quanto a seguir as regras que mantêm este universo em equilíbrio.”

“Nossa Fada Madrinha será substituída por outra.

“Uma fada que – não direi nenhum nome – que não acredita no que nossa Fada Madrinha faz. A mulher é uma criatura vil e é uma das irmãs de nossa Fada Madrinha.”

“A nossa Fada Madrinha tem nome?” Destiny pergunta. “Ou todas elas chamam-se Fadas Madrinhas?”

Ele sorriu. “O nome dela é Zora, mas não fui eu quem te contou, hein?” Ele se recosta na mesa. “A vadia da irmã dela é a Mildred. E sim, ela é feia, exatamente como o seu nome. “

Eu não consigo conter o riso. Então, nós temos uma rixa familiar cheia de ciúmes, como acontece com muitos humanos.

Sem pressão.

Mas isso me confunde. Que conversa é essa de missões? Achei que estávamos indo em uma aventura para encontrar o amor.

“Então, como assim vocês quase conseguiram na última missão? Ele quase se apaixonou por uma garota na última missão?” Por alguma razão, isso não fazia sentido para mim.

Ele ri e esfrega a nuca. “Nem mesmo perto disso.” Sr. Encantado olha para mim e respira.

“A melhor forma que posso descrever, neste curto espaço de tempo, é esta. Pense nisso como um videogame, e certas coisas que você faz te dão pontos.

“Ter o governante principal se apaixonando pelos motivos certos é como um aumento de quarenta por cento. Todo o resto dá menos pontos. Como se livrar do bandido, resolver problemas de fome, escravidão e mais outras coisas.

“Temos apenas três meses; isso é tudo que o destino nos permitirá intervir. Portanto, se você decidir resolver os problemas mundiais em vez de se apaixonar, esse é um caminho difícil de ser concluído em três meses.

“Fora que é perigoso. Não me entendam mal; apaixonar-se também é difícil, mas muito mais plausível”, continua ele, “e geralmente, quando você conserta a fonte, corrige todos os problemas menores também.

“É como uma reação em cadeia de alegria e felicidade. Portanto, Zora acredita tanto no amor verdadeiro que conserta tudo usando ele. “

Uau, isso é complicado.

É muito diferente dos filmes da Disney, mas ao mesmo tempo, é igual.

“Então, na última missão elas tentaram consertar o mundo, não o seu líder?” Eu pergunto, com a minha mente girando em todas as direções diferentes.

“Elas não tiveram escolha, pois o seu líder não estava interessado em nenhuma das mulheres que enviamos. Elas apenas tentaram fazer o melhor com o seu tempo e tentaram ajudar Zora o melhor que podiam.”

Ele olha para baixo como se estivesse perdido em pensamentos.

Laura riu e balançou a cabeça. “Esse cara é exigente, eu gosto de homens exigentes e adoro desafios.”

Sr. Encantado ergue os olhos e a encara, provavelmente tentando descobrir se ela está falando sério.

“Eu acho que você pode dizer que ele é exigente. Tenho a sensação de que ele está sempre conosco, sabendo algo sobre o que estamos fazendo. “

Ele se afasta da mesa e começa a bater palmas.

“Esta é a hora de falar das regras. Temos muito pouco tempo para fazer isso porque o conselho nos deu apenas o dia de hoje para enviar outra equipe. “

Acho que o ouvi soltar uns palavrões, baixinho. Sim, ele fez isso, este Sr. Encantado não está feliz.

“Cada uma de vocês estará nas mãos do Destino. É assim que funciona, para manter o equilíbrio, devemos seguir o que o destino dita para nós.” Ele estende a mão e o chão vibra.

Sento-me na cadeira e vejo uma pedra – uma banheira? – surgir do chão e, na banheira, há um líquido semelhante a um metal. Muito curioso. O que é isso?

“É simples, senhoras, e novamente lamento que estejamos apressando as coisas.

“Cada uma de vocês colocará suas mãos na Tigela do Destino e o Destino determinará o que você será neste desafio. Uma princesa ou uma plebeia.

“Isso é crucial, pois vocês não podem mudar depois que um título for dado a você.”

Meus olhos se arregalam. Então é como o chapéu do Harry Potter.

Eu ouço murmúrios por toda a sala, alguns animados e outros preocupados. Eu mesma tenho emoções muito confusas percorrendo meu corpo como uma multidão de lunáticos fugindo do hospício.

Mas estou principalmente… animada. Fico feliz de saber que é o destino que escolhe, isso torna tudo mais emocionante. Porque todas nós sabemos que todas escolheriam ser princesa. Dãããã!

“Depois de obter o seu título, falaremos brevemente sobre Delorith, o mundo para o qual vocês estarão viajando.

“Então vocês serão capazes de mudar três coisas sobre você para ajudá-la a enredar o coração de Apollo Augustus Garthorn.

“Vocês podem escolher mudar a aparência ou dominar uma habilidade. Esta escolha é sua e somente sua.”

“Uau”, eu sussurro. Cherie se vira para mim com os olhos arregalados e sussurra um “ai meu Deus!” Eu sorrio e olho para trás.

Apollo Augustus Garthorn. Ele parece gostoso e poderoso, e estou tão curiosa para ver como é esse líder. Fofo? Carinhoso? Nada demais? Sexy?

Eu pondero isso. Ele tem que ser bonitão, certo? Talvez ele não fosse, e é por isso que nenhuma garota trabalhou duro. Porcaria. Isso seria difícil. Talvez ele fosse engraçado. Eu poderia ser engraçada.

“Tudo bem, conversaremos mais depois dos títulos.” Ele se levanta no momento em que Zora, a Fada Madrinha, entra. Ela parece centrada, ao contrário de antes.

Ao lado do Sr. Encantado, ela falou: “Por favor, vamos começar, não há como voltar atrás agora. Lá está a porta, se vocês quiserem sair. Do contrário, não vamos perder o tempo do Destino.”

Fiquei muito nervosa, quase surtei. Isso é real. Não há como voltar atrás, não há como voltar atrás. Eu engulo e me levanto com todas as outras, respirando nervosamente.

Bem, Viola, parece que você vai tomar a pílula azul e escapar da matrix.

Vamos nessa.

 

Leia o livro completo no app do Galatea!

Caindo na Real

Desde jovem, Maya Hamilton era uma garota festeira, e tudo que mais amava era se soltar e fazer o que bem entendia. Jace Parker era um garoto de fraternidade irresponsável que tinha uma queda por garotas festeiras: eles eram perfeitos um para o outro – até que, do nada, ele terminou o relacionamento através de uma mensagem de texto. Agora, dois anos depois, eles se reencontram como aluna e professor, e Maya está escondendo um segredo que pode mudar a vida de Jace!

Química

Faz tempo desde a última transa de Emily. E o último relacionamento? Foi há tanto tempo que ela mal se recorda. O que significa que está na hora de um ter um caso bem picante. Emily está preste a conhecer alguém que vai deixá-la em chamas.

O Guardião Possessivo

Quando a colega de quarto de Kara diz que seu primo vai dormir no sofá por algumas noites, Kara não se importa muito. Até que ele aparece, e eles incendeiam os mundos um do outro.

A Princesa e o Dragão

“Eu pulei da minha cama. Coloquei meu casaco de pele de carneiro. Era verão, mas as manhãs ainda eram frias.

Peguei a mochila de aventura que papai me deu no meu último aniversário, quando fiz sete anos. Ele a encheu de coisas úteis que eu precisaria para caçar salamandras, construir fortes e caçar Dragões.”

O Convite do Alfa

Georgie passou a vida inteira em uma cidade de mineração de carvão, mas só quando seus pais morreram bem na sua frente é que ela percebeu como seu mundo realmente é brutal. Justamente quando ela pensava que as coisas não podiam piorar, a jovem de dezoito anos tropeça no território de uma matilha reclusa de lobisomens que, de acordo com os rumores, são donos das minas. E seu alfa não está muito feliz em vê-la… Ao menos no início!

Prometida ao Rei Lobisomem

~ Foi assim que o mundo acabou. ~

~ O rei dos lobos, o monstro mítico, o homem majestoso que eu aprendi a amar e desejar com todas as minhas forças estava lá.. sangrando ao lado de seu trono. Morrendo. ~

~ Ao lado dele estava um demônio sorridente… o Lorde Demônio. Ele apontou para mim com um dedo longo, preto e fino. ~

~ “Você é minha agora”,

O Alfa do Milênio

Eve é mais poderosa do que a maioria – porém, quando recebe uma missão com um prêmio que ela não pode recusar, Eve começa a se perguntar se é forte o suficiente para concluí-la. Com vampiros, lobisomens desonestos e divindades malignas atrás dela, a determinação de Eve é posta em questão – e isso acontece antes dela encontrar seu companheiro…

Do universo de Os Lobos do Milênio

Keily – Gordinha e Fabulosa

Keily sempre foi corpulenta e, embora tivesse suas inseguranças, nunca deixou que isso a atrapalhasse. Isto é, até ela se mudar para uma nova escola onde conheceu o maior idiota de todos os tempos: James Haynes. Ele nunca perdia a chance de zombar de seu peso ou apontar o que chama de defeitos. Mas o fato é que… as pessoas que dizem as coisas mais maldosas geralmente escondem seus próprios problemas, e James está escondendo um segredo ENORME. E é um segredo sobre Keily.

Classificação etária: 18+ (Aviso de conteúdo: assédio sexual, agressão)

Autor Original: Manjari

Mentes Perversas

Elaina Duval vivia uma vida perfeitamente feliz e normal com a sua mãe – bom, pelo menos até o dia em que ela completou dezoito anos. No seu aniversário, ela descobriu que foi prometida ao cruel e malvado Valentino Acerbi, que em breve se tornaria chefe da máfia italiana. Sem poder escolher ou dar a sua opinião sobre o assunto, ela é arrastada para o mundo distorcido dele e é forçada a suportar coisas que nenhum ser humano deveria ter que fazer, mas… e se ela começar a gostar?

Classificação etária: 18+ (Aviso de conteúdo: violência, abuso sexual, estupro, tráfico de pessoas)

Nas Garras da Paixão

Não existe ninguém no mundo que não ame Scarlet. Ela é jovem, linda, e tem a alma de um anjo… Então é um choque quando o seu amante prometido se revela o impetuoso e cruel Alfa-Rei.

Temido por todos – e com razão- ele retornou depois de sete anos para retomar o que é seu. Será que Scarlet poderá faze-lo abaixar a guarda, ou vai acabar implorando por piedade?

Classificação etária: 18+